quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Fenômeno de bullying


Fenômeno de bullying

A partir da leitura de uma revista voltada para educação, intitulada “O fenômeno de Bullying nas relações interpessoais”, tive acesso a informações interessante sobre esse fenômeno que passa despercebida no nosso dia a dia. O interessante é que nos deparamos constantemente com situações desse tipo, principalmente no ensino fundamental I e II, mas com ocorrências na educação infantil. O bullying pode causar o suicídio de uma criança ou adolescente em geral do individuo que sofre ou pode gerar um ciclo sem fim, onde o aluno que passa por esse tipo de situação adota um comportamento semelhante com outros, ao perceber a impunidade com que é tratada a ação dos praticantes. Precisamos de ouvidos e olhos atentos para esse tipo de abuso que muitas vezes começa por uma brincadeira, mas não deve passar dos limites. Aspectos como: tolerância, a cidadania e o respeito pela fala, aparência e posicionamento do outro devem ser discutidos exaustivamente, dentro e fora da escola, não é preciso compactuar com o outro, mas respeito é fundamental para uma convivência saudável.
Cássia Virgens

Abaixo, trechos do artigo:
(...)
Fenômeno de bullying é (...) um conjunto de atitudes agressivas, repetitivas e sem motivação aparente perpretadas por um aluno – ou grupo – contra outro, causando sofrimento e angustia; através do “isolamento intencional, dos apelidos inconvenientes, da amplificação dos defeitos estéticos, do amedrontamento, das gozações que magoam e constrangem, chegando à extorsão de bens pessoais, imposições físicas para obter vantagens, passando pelo racismo e pala homofobia, sendo ‘culpa’ dos alvos das agressões, geralmente, o simples fato de serem ‘diferentes’, fugirem dos padrões comuns à turma - o gordinho, o calado, o mais estudioso, o mais pobre” (...).
(CONSTRUIRNOTÍCIAS Editorial)

O que é bullying?

O termo bullying compreende todas as formas de atitude agressivas, intencionais e repetidas que ocorrem sem motivação evidente, adotadas por um ou mais estudantes contra outro (s), causando dor e angústia, e executadas dentro de uma relação desigual de poder. Portanto, os atos repetidos entre iguais (estudantes) e o desequilíbrio de poder são características essenciais que tornam possível a intimidação da vitima.
Por não existir uma palavra na língua portuguesa capaz de expressar todas as situações de bullying possíveis, segue uma lista de ações que podem estar presentes:
Colocar apelidos
Ofender
Zoar
Gozar
Encarnar
Sacanea
Humilhar
Fazer sofre
Discriminar
Excluir
Isolar
Ignorar
Intimidar
Perseguir
Assediar
Aterroriza
Amedrontar
Tiranizar
Dominar
Agredir
Chutar
Empurrar
Ferir
Roubar

Fontes:
CONSTRUIRNOTÍCIAS, Nº40-ANO07-MAIO/JUNHO 2008, O fenômeno de Bullying nas relações interpessoais.
Revista profissão Mestre. Ano 9.nº99.dezembro/2007. Bullying, o crime do desamor. Gabriel Chalita. p27

Nenhum comentário:

Termas de Puritama - Chile

Relaxante  Um oásis no deserto! Não aceita cartão, então leve dinheiro para pagar a entrada em Puritama (Adulto CLP15000 pesos e cr...