quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Lógica da criança


Já não encontramos mais crianças como antigamente, que bom!

É claro que os processos de construção da lógica da criança, são diferentes do adulto, por isso é preciso estar atento e consciente que algumas ações condenáveis em um adulto são totalmente compreensíveis e diferentes, quando vindas de uma criança.
Isso não significa que não devemos educar e orientar, mas compreender e enxergar de outro ângulo e com mais paciência.
Por exemplo, a mentira, a maldade, o pegar algo que não é seu..., são ações e atitudes que não podem e nem devem ser julgadas com a mesma carga que quando praticadas por uma criança.




Quel tal ler:

FLAVEL, J. H. A psicologia do desenvolvimento de Jean Piaget. São Paulo: Pioneira, 1975.

Indicação de Márcia Gomes do blog: http://educandoecuidando.blogspot.com/-Livro O poder da observação da Artmed.

Um comentário:

Márcia Gomes disse...

Observar a criança é uma dificuldade que encontramos. Pensamos que observar é parar e ficar vendo para fazer anotações, mas é também sentar junto e fazer intervenções, perguntas. Indico o livro O poder da observação da Artmed, livr fácil e gostoso de ler, que nos leva a refletir a nossa prática

Monges de la Pacana

 Monges de la Pacana No caminho para os Monges, passamos pelo Vulcão Lincacabur e pela laguna Quepiaco. A estrada é excelente, mas não tem...